Como assinar
Edições           anteriores


Araçatuba, sexta-feira, 12 de dezembro de 2003


Vida


Bruno e Marrone lançam 11º álbum
da carreira em nova gravadora

Ágatha Urzedo-Da Redação


A dupla sertaneja Bruno e Marrone lançou seu 11º disco "Inevitável", incluindo o sucesso que já faz parte da lista das mais tocadas: "Vai Dar Namoro". O álbum é o primeiro gravado pela BMG Brasil, sob a direção artística de Sérgio Bittencourt. Mas este ano o CD anterior da dupla "Sonhos, Planos, Fantasias" com uma faixa-bônus, "Ligação Urbana", que foi muito tocada em todo o Brasil e ainda é sucesso. Prova disso é que a canção está incluída no novo disco, em uma versão inédita, ao vivo, gravada no show de aniversário de Mogi das Cruzes.

Parte do repertório do novo CD é assinado por Bruno e diversos parceiros. A faixa "Será", que abre o álbum, tem o refrão cantado por um coral. Músicas como "Deixa", "É você que Eu Amo" e "Sonhos Perdidos" trazem a grife do romantismo de Bruno e Marrone. A batida "Pra Lá que Eu Vou" é ideal para os adeptos do arrasta-pé, convidando a moçada a esquecer as dores do amor.

"Doce Desejo", é um balanço alto astral que tem a participação de Cláudia Leite, vocalista do grupo Babado Novo. "Trânsito Parado", que também deve fazer sucesso, fala de uma atração que nasceu em um sinal fechado. "Apaziguar" promete fazer o ouvinte rodopiar pelo salão com seu estilo arrasta-pé nordestino. Outro destaque é a regravação "Você Não me Ensinou a te Esquecer", sucesso de Fernando Mendes nos anos 70 e que voltou às paradas na voz de Caetano Veloso.

Os goianos (Bruno, de Goiânia, Marrone, de Buriti Alegre) alcançaram reconhecimento nacional depois do lançamento do disco "Acústico ao Vivo", em 2001. Além dele, na discografia da dupla estão: "Bruno e Marrone Vol. I", de 1995; "Bruno e Marrone Vol. II", de 1996; "Acorrentado em Você", de 1997; "Viagem", 1998; "Cilada de Amor", 1999; "Paixão Demais", 2000; "Acústico", 2001; "Minha Vida, Minha Música", 2002.