Televisão
cultura@folhanet.com.br
 
 
 

Rede TV! 
estréia 
programação

Carla França

      Após quatro meses de preparativos e investimentos de R$ 100 milhões, a Rede TV! finalmente mostra a sua cara. Amanhã, a ex-Manchete estréia a programação, que consumiu R$ 40 milhões do total investido na nova fase.
O cardápio é de fato variado, cheio de intenções, vinhetas e trilhas de primeira. Mas, como cartão de visitas, o canal anuncia programas que começaram a ser produzidos há pouco mais de quinze dias. “Estamos estreando uma rede de televisão em tempo recorde, tentando superar as deficiências com criatividade”, diz Rogério Gallo, superintendente de Programação.
O canal tenta mostrar que a pressa não será sua inimiga. Sem cerimônia, Adriane Galisteu aproveitou a festa de lançamento da Rede TV!, no dia 8, para convidar o piloto Emerson Fittipaldi para o juvenil Super Pop (segunda a sábado, 20h), que a apresentadora gravaria na quarta-feira, dia 10, para ir ao ar amanhã.
A programação começa às 7h, com o noticiário Brasil TV, apresentado por Fernando Mosquera em Brasília, e termina à meia-noite e meia, com filmes. Para a garotada, as manhãs da emissora terão o Galera na TV, com Andréa Sorvetão e a turma da Zuzubalândia. Vai ao ar em dois horários, às 7h30 e 17h. “É uma sitcom infantil, sem caráter pedagógico”, diz Gallo. De olho nas mulheres, A Casa é Sua (segunda a sexta, das 9h30 ao meio-dia) traz Valéria Monteiro de volta ao Brasil.
Além do Super Pop, os jovens terão o Interligado, game com debates e musicais. Apresentado pela modelo Fernanda Lima (segunda a sábado, 13h45), aposta em clipes, com o público optando pelo de sua preferência. Já TV Fama (segunda a sexta, 19h) trará a novata Mariana Kuppfer numa espécie de Gossip Show, horário reservado ao glamour e aos famosos. No humor, João Kléber comanda o Te Vi na TV (segundas, 22h30, reprise aos sábados, 13h), com a banda Karnak. “Não tenho pretensão de ser diferente, mas de fazer um programa dinâmico e inteligente”, diz Kléber.
Um pacote de 350 filmes, poucos inéditos, estão sob a responsabilidade do crítico Rubens Ewald Filho, que prepara a programação de cinco horários na emissora.
Uma das metas da emissora é apostar na programação interativa, especialidade dos novos acionistas da rede, Amílcare Dallevo Júnior e Marcelo Carvalho Fragali. Num primeiro momento, tudo será pré-gravado, mas já se usará o recurso da votação instantânea, em três minutos. A produção de novelas está fora dos planos. “Preferimos investir num formato alternativo de dramaturgia”, adianta Gallo.
Produções ficcionais serão terceirizadas. “Não haverá aquela história da pessoa entregar a fita para a gente exibir num horário”, diz Gallo. Por enquanto, a RedeTV! oferece a série cult Friends (sábados, 19h, reprise aos domingos, 13h) e as antológicas Jeanie É um Gênio e A Feiticeira (segunda a sexta, 13h).
No fim de semana, a programação começará ao meio-dia. Antes, será preenchida por televendas. “Estamos preparando atrações alternativas àquelas apresentadas pela concorrência”, afirma Gallo. “Temos muitos projetos, como um talk show e algo com auditório.” A audiência será capítulo à parte.
“Nosso objetivo é conquistar público sem restrição do mercado publicitário”, garante o superintendente-comercial Carlos Alberto Missiroli. “Não podemos ficar obcecados por Ibope: temos de criar o hábito”, completa Gallo. Se tudo for feito no ritmo da estréia, muita coisa virá pela frente. (Agência Estado)
 
 

Foto: Arquivo FR
CRIANÇAS/ Andréa Faria, a Sorvetão, 
comanda programa infantil diário da emissora
 
 



 
 

Barrigas famosas apontam para 2000 

Fabiane Bernardi 

        Em 2000, elas trocarão microfones, textos, câmeras e holofotes por mamadeiras, fraldas, chupetas e muitos, muitos chorinhos. No próximo ano serão muitas as artistas que darão à luz. Encabeçando a “barriguda” lista estão Sílvia Poppovic, Maria Mariana, Flávia Alessandra, Adriana Esteves, Glória Pires, Patrícia França, Júlia Lemmertz e Tatiana Ferraz. Enquanto não é chegada a hora, elas aguardam ansiosas e tentam conciliar o trabalho diante das câmeras. 
A atriz Júlia Lemmertz gravou com barriga e tudo o final de “Andando nas Nuvens”, na qual interpretou a espevitada Lúcia Helena. Os câmeras, assim como o pessoal responsável pelo figurino, usaram a criatividade para disfarçar a barriga. “Ter um filho é a melhor coisa do mundo”, diz o marido, o ator Alexandre Borges, “marinheiro” de primeira viagem (ela já é mãe de Luiza, 11 anos, de seu casamento com o produtor de tevê Álvaro Osório). O bebê será um menino e vai se chamar Mateus ou Miguel. “E espero que seja o primeiro de uma série”, brinca. 
Flávia Alessandra, mulher do diretor Marcos Paulo, curte tranqüilamente os seis meses de gravidez e comparece aos eventos mais importantes sempre acompanhada do marido, como fez na inauguração do Credicard Hall. O casal prefere não saber o sexo do bebê. “O importante é que venha com saúde”, afirma. Os nomes estão escolhidos: Giulia ou Tiago. 

RÉVEILLON - Algumas delas revelam que gostam da idéia do filho nascer num ano tão esperado. É o caso de atriz e escritora Maria Mariana, 26 anos, grávida de seis meses e meio. “Sempre me imaginei passando o réveillon do ano 2000 barriguda. Tinha essa fantasia”, confessa ela, mamãe de primeira viagem, casada com o cardiologista André Peçanha, 44 anos. 
Ela acredita que as crianças do próximo milênio serão privilegiadas e— por que não?— “mais iluminadas”. “O mundo inteiro está se abrindo para entender que a vida não é algo tão material”, disse. “Acredito que as crianças que vão nascer entenderão melhor isso.” 
Maria Mariana terá uma menina chamada Clara. “Para mim, são os nomes que escolhem as pessoas. Surgiram outras opções, mas depois que pensei em Clara, não queria saber de outra possibilidade”, enfatiza. 
Atualmente, ela dá aulas de teatro, encontra tempo para cuidar da remontagem da peça “Confissões de Adolescente” e adianta que existe a possibilidade de no futuro falar sobre sua gravidez em um livro, assim como fez com as experiências da sua adolescência. 
A apresentadora Sílvia Poppovic confessa que seria muito difícil ter calculado ser mãe no ano 2000. “Seria pretensão minha, aos 44 anos, ter planejado a data do nascimento do meu filho”, diz ela, grávida de quatro meses de uma menina. “Já tive dificuldades para engravidar, por se tratar de uma gravidez tardia, mas estou achando ótima essa idéia da criança nascer no ano 2000. Acho que combina muito com a minha vida, com o estilo, pois sou uma pessoa que acredita muito no futuro.” 
Vivendo há quatro anos e meio com o endocrinologista Marcello Bronstein, Sílvia diz que a previsão dos médicos é de que a criança nasça no dia 21 de abril de 2000. “É uma data próxima ao dia em que o Brasil vai estar completando 500 anos de descobrimento. Acho isso o máximo”, comemora. Ainda sem nome definido, a menina recebe o carinho de muitos fãs de Sílvia. “Estou recebendo muitos e-mails e presentes. Sempre volto para casa com alguma coisa”, conta. “Acho que ela será um pouco filha de todo mundo.” 

ENJÔOS - Para a jornalista Tatiana Ferraz, apresentadora do “Fala Brasil”, pela Record, os enjôos foram constantes nos primeiros meses de gravidez. “Dizem que a gente perde um pouco da dignidade quando está grávida, pois acaba vomitando em qualquer lugar”, diz. 
Grávida de quatro meses, ela concorda que já está na hora de fazer o ultra-som para saber o sexo do bebê. “Mas os médicos dizem que quanto mais tarde for feito o exame, mais certeza do resultado.” Mesmo assim, os nomes já estão definidos: se for menino será Francisco, ou então Lucília, caso nasça uma garotinha. “O nome da menina foi escolhido por causa da descendência portuguesa do meu marido.” 
Tatiana é casada com o também jornalista Agostinho Teixeira, da Band AM. “Apesar dos nossos horários malucos, é bom ele ter a mesma profissão que a minha, pois assim me entende melhor.” Para ela, o tempo da licença maternidade e férias (cinco meses) será pouco para curtir o bebê. “Acho que ficaria um, dois anos cuidando dele. Agora nada tem mais importância, e nem sei o que vai acontecer depois, e se vou voltar a apresentar o programa ou não”, diz. 
O bebê foi planejado para ano 2000. “Mas não tem nada a ver com a numerologia, mas sim porque nós queríamos muito um bebê e já havia chegado a hora”, confessa. “Estávamos mais ou menos nos prevenindo.” 
Só agora, quando os enjôos pararam, Tatiana afirma estar curtindo melhor a gravidez. 
O parto está previsto para o final de março, mas por enquanto a jornalista cuida da mudança para um apartamento maior, perto da casa dos pais. “E esse será só o primeiro bebê. Na verdade, pretendo ter pelo menos mais um filho”, anima-se. 
Glória Pires, grávida de dois meses, e o marido Orlando Moraes comemoraram muito quando souberam da boa notícia, durante uma recente viagem a Portugal. “Esse filho está sendo muito esperado”, comenta a atriz. 
Patrícia França, grávida de quatro meses, também está “nas nuvens”, curtindo a novidade com o namorado, um empresário. 
Adriana Esteves, casada há quatro anos com o ator Marco Ricca, queria ficar grávida “o mais rápido possível” desde 1997. O primeiro filho do casal deve nascer até março. Por isso mesmo, Adriana não tem pressa para escolher seus novos trabalhos. “Se aparecer um bom texto eu até posso mudar de idéia, mas não estou procurando nada”, diz a futura mamãe. “Não quero saber de ler nada agora”. (Agência Estado) 
 
 

Foto: Arquivo FR     dFoto: Arquivo FR
BARRIGUDAS/ Parto no ano 2000 combina com Sílvia Poppovic(abaixo); Adriana Esteves dedica-se totalmente à gravidez(acima dir.); Júlia Lemmertz participou de final de novela, mesmo grávida (acima esq.)
Foto: Arquivo FR
 
 
Foto: Arquivo FR
SURPRESA/ Flávia Alessandra 
não quis saber o sexo do bebê
 
 



 

 

 
 
Segunda-feira 

Força de um Desejo 

Higino propõe montar uma casa para Olívia, que não gosta da idéia. Guiomar implica com Bartolomeu, que está sendo cortejado por Luzia. Vitório e Waldir partem para a corte atrás de Inácio e Ester. Guiomar e Bárbara fazem as pazes. Abelardo pede a Juliana que use o broche que ele lhe deu. Higino mostra foto de Inácio no hotel. 

Vila Madalena 

Arthur estranha o comportamento de Eugênia. Raquel entrega a Bibiana uma carta vinda da Grécia, e ela fica emocionada. Lucas deixa Arthur desconfiado ao contar que passeou de moto com um novo amigo. Zu sugere a Pilar que monte uma empresa de prestação de serviços chamada Oficina da Alegria. Solano e Cachorro Louco vão à casa de Pilar. Cachorro Louco paquera Zu. 

Terra Nostra 

Juliana se emociona com o filho no colo. Francesco e Gumercindo fazem um pacto para tentar salvar o casamento dos filhos. Mariana pede perdão a Juliana. Pressionada por Gumercindo e Francesco, Juliana decide ficar na mansão com o marido. Marco Antônio registra o bebê como seu filho. Gumercindo diz a Matheu que seu romance com Juliana acabou. Francesco dá banho no neto. Matheu beija Rosana com paixão. Anacleto diz a Paola que vai matar Altino. 

Chiquititas 

Maria não consegue ficar com o Felipe e sai correndo. Bernardo e Álvaro apostam que o ganhador da corrida tentará conquistar Bel. Felipe se despede de Carol e Maria. Samuca pede a Mosca um dinheiro emprestado e diz que paga o vestido da mãe de Lila. Samuca leva o dinheiro a Samuel e descobre que Samuel teve um filho. 

Tiro e Queda 

Dolores reclama do dinheiro que roubaram dela. Neco conversa com Basílio sobre uma possível reconstituição do crime e pede a ele que faça o papel de Raul. Adriana pede a Toninho que a leve ao casamento de Daniela. 

 


 
 

 
 
Filmes de Monicelli e  
John Ford são destaques  

Domingo 

**16h30 na Record -- Asas da Glória (The Tuskegee Airmen). EUA, 1995, 90 min. Direção: Robert Markowitz. Com Laurence Fishburn, Cuba Gooding Jr. Durante a Segunda Guerra, pilotos negros se esfolam para provar a seus superiores que são tão capazes quanto os brancos. Anti-racismo padrão, em filme baseado em fatos reais. O diferencial é o elenco. 

*17h na CNT/Gazeta -- American Samurai 2: Guerreiros de Sangue (Blood Warriors). EUA, 1993, 90 min. Direção: Sam Firstenberg. Com David Bradley, Frank Zagarino. Ex-combatente tem de enfrentar ex-melhor amigo, hoje perigoso traficante que também cobiça sua mulher. 

*18h na Record -- Espere Morrer (Expect to Die). EUA, 1996. Direção: Jalal Mehri. Com Jalal Mehri, David Bradley. Detetive descobre um jogo virtual, mas se envolve na história do game, que tem uma porção real. Espere sofrer. 

**20h na Bandeirantes -- Garras de Tigre 2 (Tiger Claws 2). EUA, 1996, 92 min. Direção: J. Stephen Maunder. Com Jalal Merhi, Cynthia Rothrock, Bolo Yeung. Policiais acabam capturados por perigoso assassino do bairro chinês de San Francisco. 

*20h05 na CNT/Gazeta -- Fases da Morte (The Passing). EUA, 1988, 96 min. Direção: John Huckert. Com John Huckert, Mary Maruca. Homem condenado à morte ganha a opção de servir de cobaia num projeto científico. 

***23h na Cultura -- O Incrível Exército de Brancaleone (L'Armata Brancaleone). Itália, 1965, 90 min. Direção: Mario Monicelli. Com Vittorio Gassman, Gian Maria Volonté. Cavaleiro trapalhão junta exército de maltrapilhos. Comédia picaresca admirável, a partir de costumes medievais. Obra-prima de Monicelli. Legendado. 

**23h40 na Globo -- Aluga-se para o Verão (Summer Rental). EUA, 1985. Direção: Carl Reiner. Com John Candy, Karen Austin. Controlador de vôo sai de férias com a família. Seu descanso será perturbado por outros viajantes. Candy segura esta comédia menor de Reiner. 

**0h na Bandeirantes -- Rio Grande (Rio Grande). EUA, 1950, 105 min. Direção: John Ford. Com John Wayne e Maureen O'Hara. Após a Guerra da Secessão, capitão é destacado para combater índios na fronteira do México, mas enfrenta problemas quando seu filho idealista se alista no exército. Grande clássico. Legendado. 

**1h20 no SBT -- As Criaturas atrás das Paredes (The People Under the Stairs). EUA, 1991, 102 min. Direção: Wes Craven. Com Brandon Adams, Everett McGill. Duas crianças negras caem em porão e viram prisioneiros de uma casa. Craven faz disso um grande filme de terror, no qual aborda também o racismo. 

**3h15 no SBT -- Sangue de Caçador (Blood of the Hunter). Canadá, 1994, 92 min. Direção: Gilles Carle. Com Michael Biehn, Alexandra Vadernoot. Quando caçador viaja, sua mulher cai nas mãos de um psicopata, que se revela seu meio-irmão e desafeto. 

***3h30 na Globo -- A Maldição dos Mortos-Vivos (The Serpent and the Rainbow). EUA, 1987, 91 min. Direção: Wes Craven. Com Bill Pullman, Paul Winfield, Cathy Tyson. Antropólogo vai ao Haiti para melhor estudar os zumbis. Lá, envolve-se nas lutas políticas locais. Craven faz uma boa mistura de terror e política. 

Segunda-feira 

*13h na Bandeirantes -- Águia de Aço 3 - Ases do Céu (Iron Eagle 3). EUA, 1991, 98 min. Direção: John Glen. Com Louis Gossett Jr., Rachel McLish. O veterano piloto Gossett volta à ativa, junto com outros aviadores, a fim de combater ex-nazista que explora populações indefesas da América Latina e monta império das drogas à custa delas. Deu para seguir o raciocínio? 

*14h no SBT -- Os Idiotas (The Jerky Boys). EUA, 1994, 81 min. Direção: James Melkonian. Com Johnny Brennan, Kamal Ahmed, Alan Arkin. Dois bobos, que gastam seu tempo pregando peças nas pessoas, mostram que são bobos mesmo quando decidem pregar uma peça na Máfia. A única questão relevante do filme é o que estará fazendo Alan Arkin nesse lixo? 

**15h35 na Globo -- O Príncipe das Mulheres (Boomerang). EUA, 1992, 116 min. Direção: Reginald Hudlin. Com Eddie Murphy, Robin Givens. Conquistador topa com mulher exatamente como ele: seduz os homens e larga. Não é um momento de glória de Murphy, mas é Murphy. 

*21h55 na Globo -- A Condenada (Vows of Deception). EUA, 1996. Direção: Bill L. Norton. Com Cheryl Ladd, Nick Mancuso, Michael Woodson. Pouco depois de casar com uma presidiária, rico advogado é assassinado. Claro, ela é a principal suspeita. Inédito. 

***21h55 na Bandeirantes -- O Destino Mudou Sua Vida (Coal Miner's Daughter). EUA, 1980, 118 min. Direção: Michael Apted. Com Sissy Spacek, Tommy Lee Jones, Beverly D'Angelo. Biografia da cantora country Loretta Lynn --que deu a Spacek o Oscar de melhor atriz--, garota pobre que se impõe por seus dotes, mas também com a ajuda do marido. Spacek, em primeiro lugar, o filme, em segundo, justificam a atenção. Inédito. 

0h30 na Globo -- Intercine. Os telespectadores escolheram na sexta-feira para apresentação amanhã entre o drama "Aconteceu Naquele Hotel" (1995, de Susanne Bier, com Loa Falkman, Stina Ekblad) e o terror "Entrevista com o Vampiro" (1994, de Neil Jordan, com Tom Cruise, Brad Pitt, Antonio Banderas). O primeiro filme é inédito, e o segundo, reprise. 

*23h30 na Globo -- Inferno na Torre (Towering Inferno). EUA, 1974, 158 min. Direção: John Guillermin. Com Steve McQueen, Paul Newman. Arranha-céu babélico pega fogo logo no dia da sua inauguração, com pilhas de gente importante dentro. Filme catástrofe em todos os sentidos. 

 

 
Volta ao topo da página